sábado, 8 de outubro de 2011

Sony Pictures pretende transformar a vida de Steve Jobs em filme



Steve Jobs


A Sony Pictures apresentou uma oferta milionária pelos direitos cinematográficos de uma biografia autorizada sobre Steve Jobs, escrita por Walter Isaacson, ex-diretor da revista "Time", informou nesta sexta-feira o site especializado "Deadline".
Segundo o portal, o estúdio ofereceu entre US$ 1 milhão e US$ 3 milhões para um projeto que contaria com a produção de Mark Gordon ("O Resgate do Soldado Ryan", 1998), cuja agência de representação (ICM) é a mesma de Isaacson.
A Sony Pictures vem tendo sucesso ao adaptar livros para a grande tela, casos de "A Rede Social" e "Moneyball".
O livro de Isaacson será lançado nos Estados Unidos, através da editora Simon & Schuster, em 24 de outubro.
Trata-se de uma obra de 448 páginas baseada em 40 entrevistas com o co-fundador da Apple e cerca de 100 conversas com amigos de Jobs, parentes, companheiros de trabalho e concorrentes.
Segundo a publicação, Jobs colaborou em todos os aspectos com o autor do livro, embora não tenha lido o resultado final.
Em um trecho do livro divulgado para a imprensa, Jobs diz: "Fiz muitas coisas das quais não me sinto orgulhoso, como deixar a minha namorada grávida aos 23 anos, mas não há nenhum cadáver no armário que não possa se publicar".
Até agora só há um filme em que aparece a figura do empresário, chamado "Piratas do Vale do Silício", no qual o ator Noah Wyle deu vida a Jobs.
O guru tecnológico, que revolucionou o consumo eletrônico com produtos como o iPod, o iPhone e o iPad, faleceu na quarta-feira aos 56 anos de idade.
Jobs era um dos empresários mais ricos do Vale do Silício, com um patrimônio que, segundo a revista "Forbes", alcança US$ 5,1 bilhões.

Um comentário:

Não fale palavrões, não ofenda o blog nem outras leitoras.
Fique a vontade, dê suas opiniões, aceitamos sugestões, e enfins...

FIQUE A VONTADE...

** SEJA BEM VINDA!**

*VOLTE SEMPRE!!!*

Compartilhe